sexta-feira, 15 de maio de 2009

Vilarejo

Um vislumbre do céu que, como nas visões de João, desce até nós e cresce no chão da terra, entre nós. Paraíso simples e real. Paraíso que é pura poesia. Paraíso que nós abandonamos quando nos fiamos no sonho de voar entre anjos e harpas ao invés de nos tornamos humanos como Jesus se tornou e transformarmos o mundo como ele transformou, para que "venha a nós o Seu Reino".




Vilarejo
Marisa Monte

Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão

Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraiso se mudou para lá

Por cima das casas, cal
Frutas em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonho semeando o mundo real

Toda gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa

Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar

Em todas as mesas, pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os destinos
E essa canção

Tem um verdadeiro amor
Para quando você for

1 comentários:

Ana disse...

AMO essa música! se não me engano, é da Banda Crombie, que é evangélica. Um a banda Carioca muito legal.
Seus Blogs são muito legais Parabéns!
Mil beijos

Postar um comentário